19 de fevereiro de 2019

Sem palavras!

A Voz do Operário - Espaço Educativo do Lavradio, publicou estas duas imagens em representação da nossa ida junto à instituição com o espectáculo Estações. Ficámos sem palavras, guardamos aqui este registo para que possamos, nos dias mais frios, aquecer o coração.

Gratos uma vez mais, tanto pelo gesto, como pelas palavras maravilhosas que vêm dar o significado certo àquilo em que acreditamos.

Um até breve pequenino!

 

24 FEVEREIRO / Domingo

“PINÓQUIO” o musical
pela PROTAGONIZAMAGIA (Lisboa)
M3 | 60min

17 Fevereiro (Domingo)
Cinema S. Vicente

14 de fevereiro de 2019

Terapia para uma Mala Vazia!

“Terapia para uma MALA VAZIA”
por LIBÉLULA TEATRO (Leiria)
M14 | 50min

16 Fevereiro (Sábado)
Espaço Animateatro
21H30



Sinopse
Um homem sujeita-se a escrutinar o passado à procura de respostas para as suas insatisfações atuais, naquela que parece ser uma consulta de terapia normal. A relação entre paciente e terapeuta vai-se revelando muito para além do que seria expectante. Frustrações, inquietações, desejos são trazidos à luz de um quotidiano em que se intromete um objeto capaz de desviar atenções e trazê-los de volta à normalidade.

Ficha Técnica e Artística
Criação artística/Produção: Libélula Teatro | Texto: Sandrine Cordeiro | Elenco: Emanuel Jacinto, Sandrine Cordeiro | Música original: Fabrício Cordeiro | Técnico: Afonso Jacinto


Pinóquio!

12 de fevereiro de 2019

17 FEVEREIRO / Domingo


“PINÓQUIO” o musical
pela PROTAGONIZAMAGIA (Lisboa)

M3 | 60min

17 Fevereiro (Domingo)
Cinema S. Vicente
16H

+ evento facebook


Um espetáculo que aborda de forma atual, divertida e didática, a sociedade de hoje, o lugar e a prioridade das vivências das crianças de hoje!
Que lugar tem a família e os amigos?
Que lugar tem a verdade?

Sinopse
Pinóquio é um sonho que nasce das mãos de um velho carpinteiro e se torna real pelos poderes mágicos de uma Fada que lhe concede a vida! Começa assim esta verdadeira aventura, que leva Pinóquio a um mundo de peripécias e surpresas, que nem sempre correm bem…. Sem orelhas de burros, baleia gigante (porque hoje, os desafios são outros) esta aventura será única!
A caminho do seu primeiro dia de Escola, para onde vai entusiasmado por poder aprender tantas coisas novas, é enganado por dois malvados que o convencem a embarcar para a Ilha da Fantasia! Um lugar onde as crianças podem fazer o que quiserem, do fast food, aos videojogos, tudo é possível…o que leva esta marioneta com vida a mentir!
Será este o caminho de Pinóquio?
Será a Ilha da Fantasia, um mundo perfeito?
Resta acompanhar-nos e viver esta aventura!

Ficha Técnica e Artística
Encenação e texto: Ana Balbi e Bruno Pópulo | Interpretação: André David Reis, Bruno Pópulo e Duarte Lopes | Música Original: Ricardo Monteiro e Nelson Mendes | Produção: PROTAGONIZAMAGIA

16 FEVEREIRO / Sábado



“Terapia para uma MALA VAZIA”
por LIBÉLULA TEATRO (Leiria)
M14 | 50min

16 Fevereiro (Sábado)
Espaço Animateatro
21H30


8 de fevereiro de 2019

Guia dos Teatros

O Guia dos Teatros tem uma lista de criações a voto e podem votar aqui, pelo que por surpresa a Animateatro está mencionada com A caminho do Saber e o Estações.

'Bora votar?

5 de fevereiro de 2019

10 FEVEREIRO / Domingo

“SEMENTES quando o sonhadário germina”
teatro clown
por CASULO | CAÍSA TIBÚRCIO (Brasil)

M3 | 45min

10 Fevereiro (Domingo)
Cinema S. Vicente
16H



<


Sobre
O espetáculo trabalha com a metáfora poética da semente, fala-nos sobre as possíveis sementes da vida, das organizações, dos desejos, dos sonhos, da arte. A criação iniciou com as memórias de uma brincadeira de criança em que diziam: “se engolires uma semente de fruta nascerá uma planta na tua barriga”. Estas possibilidades e fantasias povoaram a mente da atriz Caísa Tibúrcio durante a montagem deste solo clownesco. A metáfora de plantar e cuidar de uma semente foi ganhando mais força com a influência imagética do filósofo Gaston Bachelard, com o poeta Wilson Pereira, com as metamorfoses naturais presentes na poesia de Manoel de Barros, também com a figura mítica Maira Jatobá de Helena Oliveira, a música de Luiz Gonzaga, “A maior flor do mundo” de José Saramago e “Marcelo Marmelo Martelo” de Ruth Rocha . O espetáculo é uma brincadeira que serve para experimentar o mundo sob o signo de uma semente, a personagem é uma plantadora imperturbada que nos instiga a sermos nós próprios terrenos férteis capazes de germinar desejos incríveis. Semeando teremos a oportunidade de cheirar flores imaginadas, dançar e ouvir a música dos passarinhos, comer a fruta nascida dos devaneios de infância, afirmar a liberdade do sonhadário.

Sinopse
Das lembranças de menina, de quando a semente brotava do próprio ser, nasceu esta poesia.
Vem do começo da vida, do sonho.
Num pedaço de terra seco, no interior do mundo, uma mulher se encontra sozinha.
Carrega na sua bagagem a simplicidade, o sonho e alguns objetos encantatórios.
De repente…momentos mágicos acontecem.
Será que ela está mesmo sozinha?

Ficha Técnica e Artística

Atriz e Concepção: Caísa Tibúrcio | Dramaturgia: Caísa Tibúrcio e Ana Flávia Garcia | Direção Musical: Lucas Tibúrcio | Direção de Arte e Figurino: Roustang Carrilho e Caísa Tibúrcio | Iluminação: criação coletiva | Fotografia: Diego Bresani, João Campello e Franz Mendes | Registro videográfico: Baleia Filmes | Designer gráfico: Jana Ferreira | Produção Geral: Casulo Teatro