4 de abril de 2018

Sobre as Estações, de Estações




Projecto
Em 2002 nasce o percurso da Animateatro na criação de públicos infantis. 
Com vista a anular possíveis dificuldades no usufruto deste recurso cultural, tem sido nosso principal propósito levar o teatro junto da criança. 
Em 2009, incitados pelos docentes, enveredámos pelo teatro dirigido a pequenos de mais tenra idade, abrangendo infantes dos 6 meses aos 3 anos suprimindo uma lacuna na oferta cultural que se fazia sentir na altura para esta faixa etária, a primeira infância.
Nunca perdendo a importância da narrativa, a concepção criativa é centrada num universo de estímulos, permitindo ao bebé um desenvolvimento psicomotor mais expressivo na relação com os outros e o meio envolvente, 


Criação
Inspirados nos movimentos de rotação e de translação do nosso planeta, digladiámo-nos com o tempo, as 24 horas que compõem o dia, os 365 dias que compõem o ano, a diferenças que ocorrem durante…em nós, na natureza.
Iniciámos uma viagem que se dá entre estações, duas personagens de paragem em paragem, cuidam e assistem cada mutação, também a música dita o percurso que nos transportará até um presente.


Sinopse
O Ano perdeu o Dia, sem ajuda a viagem não será possível!
Diana salta para a carruagem e percebe que em cada estação é necessária manutenção.
Na Primavera há que ajudar flores a brotar, no Verão orientar a areia num quente chão, no Outono apanhar folhas que voam e caem, no Inverno espremer nuvens que água nos dão.
Num só dia ver o ano em ação, de estação em estação…


Ficha Técnica e Artística
Encenação e Direção: Lina Ramos | Interpretação: Cláudia Palma e Sérgio Marcelino | Cenário, Figurinos, Conceção Plástica: Lina Ramos | Serralheiro: José Galego | Costureira: Lina Ramos e Teresa Beirão | Imagem: César Duarte I Composição Musical: Cláudio Gomes Pereira e Sérgio Marcelino, originais e versões de As Quatro Estações de António Vivaldi | Fotografia: Patrícia Ricardo e Paulo Vicente | Produção: Animateatro
Enviar um comentário