14 de março de 2017

18 MARÇO / Sábado

“ESPERAR ATÉ ABRIL É MORRER”
coprodução ARDEMENTE e INQUIETARTE (Lisboa)
M12 | 50min

18 MARÇO (Sábado)
No Espaço ANIMATEATRO (Amora)
21h30

+ evento facebook



SINOPSE
Com um texto original, inspirado na peça A Festa de Spiro Scimone, o Grupo ArDemente apresenta este seu segundo espetáculo, assente num drama familiar. Esperar Até Abril É Morrer dá-nos a conhecer uma família claramente disfuncional, que vive num jogo de domínio e subjugação. Quem controla quem? Uma pergunta para qual a resposta pode ser imediata, mas nunca óbvia. No entanto, as três personagens que se inserem neste agregado familiar não são assim tão simples e lineares. Antes pelo contrário, pensamos, antes pelo contrário. A tranquilidade perturbadora, que caracteriza o quotidiano vivido entre os três, resulta numa espécie de violência doméstica colateral e dissimulada que, verbal ou fisicamente, destrói os laços familiares, mas ao mesmo tempo reforça-os. O absurdo passa despercebido, pois a vontade de ataque é mais forte do que a vontade de sobrevivência. Apesar disso, estamos em Abril e hoje é dia de festa.

FICHA TÉCNICA E ARTÍSTICA
TEXTO E ENCENAÇÃO: Gabriel Gomes | ASSISTÊNCIA DE ENCENAÇÃO E DE PRODUÇÃO: Tadeu Faustino | INTERPRETAÇÃO: Gabriel Gomes, Gonçalo Silva e Inês Veloso | CENOGRAFIA E FIGURINOS: Inês Ariana | CARTAZ E DESIGN GRÁFICO: Elton Soares | LUZ E SOM: Inês Ariana | COPRODUÇÃO: ArDemente e Inquietarte – Associação Cultural


Enviar um comentário